terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Sepetiba a caminho do seu reconhecimento como bem cultural





Projeto de Lei Nº 1612/2015 de autoria do Vereador Willian Coelho, pede o tombamento por interesse Histórico e Arquitetônico, Ambiental, Arqueológico e Cultural, o Cais Imperial de Sepetiba e o Caminho do antigo cais, situado à Praia de Sepetiba. 

Sob o argumente de que Sepetiba foi palco de importantes acontecimentos durante as três principais fases da história do País: Brasil Colônia, Império e República; desde o aldeamento jesuítico; cenário da batalha naval contra os holandeses, sua baía e praias serviu de local de desembarque para o quinto do ouro, tráfico do mesmo, tráfico de escravos; cenário da luta dos corsários dentre outros muitos acontecimentos e que por lá passaram personagens históricos que reconheceram sua beleza, como: D. João VI, D. Pedro I, D. Leopoldina, José Bonifácio, o Visconde de Sepetiba, Jean Baptise Debret dentre muitos outros, o projeto de lei pede o tombamento e veda a demolição e descaracterização arquitetônica do Cais e seu entorno.

A partir desta lei, um grupo de trabalho lançou na internet um apelo para que a lei seja aprovada pressionando os órgãos públicos através do site Panela de pressão. 
Quem quiser aderir à campanha basta acessar o site http://paneladepressao.nossascidades.org/campaigns/816 e fazer sua pressão.




segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Grupo de Artesãs montam presépio de material reciclado no Largo do Rio da Prata


Pelo terceiro ano consecutivo, as Amigas Artesãs do Rio da Prata abrilhantam o Natal no Largo do Rio da Prata. Este ano elas inovaram e fizeram um presépio com papel, jornal e materiais reciclados, uma verdadeira obra de arte para ser apreciada.
O presépio montado no Coreto do Rio da Prata foi inaugurado no dia 19/12 sábado e está aberto para visitação pública e muitas fotos.
A obra foi criada pela artesã Carmem Paixão que confeccionou os personagens fazendo uma alusão ao rural, à agricultura. O presépio composto pelas figuras bíblicas Maria, José e o Menino Jesus, são em tamanho natural, assim como os animais também.

O grupo “Amigas Artesãs do Rio da Prata”, que tem como sua maior incentivadora a artesã Bianca Povoleri, já se tornou um patrimônio para o Rio da Prata. Elas estão sempre a frente dos acontecimentos na Arte e na Cultura do Rio da Prata e da Zona Oeste, pois também participam do Movimento CULTura (União Regional do Artistas).

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Resgate do Campo Grande Atlético Clube

O Estádio Ítalo Del Cima, do Campo Grande Atlético Clube é uma das alternativas para os jogos do Campeonato Brasileiro de 2016.

O Movimento União Campo-grandense, dirigido pelo jornalista Silvio Alves, está na luta pela reativação do Campo Grande A C há muito tempo e agora, mais do que nunca uma esperança se acende para que esta reativação se torne realidade.

A reativação do estádio vai atrair novos investimentos, movimentar o seu entorno e trazer de volta o glorioso Alvinegro. É a chance de mudar a história de um bairro e de um time de futebol.

No próximo sábado 19/12 às 08h será dado um abraço simbólico no Estádio Ítalo Del Cima e o Movimento União Campo-grandense está convidando todos os cidadãos campo-grandenses, independente do time que torce, a participarem deste momento onde toda a imprensa estará presente e assim poder mostrar a nossa força e sensibilizar as autoridades para que os jogos dos times do Rio de Janeiro possam ser realizados neste estádio.

Avante Campusca!

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Sarau da Praça na Paróquia Santa Rita de Cássia

Queremos agradecer a todos que aceitaram o convite e compareceram ao Sarau da Praça, realizado na Paróquia Santa Rita de Cássia - Campo Grande - RJ, no dia 14/12.
Foi muito bom receber aqueles que realmente apreciam a cultura, em meio a uma sociedade que só sabe reclamar que o mundo está violento, que precisamos de mais amor, educação e cultura, mas que na hora em que alguém apresenta uma forma de aliviar estes sentimentos, escondem-se e fingem que nem sabiam.





O evento aconteceu num ambiente de muita amizade e descontração, o grupo CultURA começou com uma poesia coletiva e logo depois aconteceram as apresentações individuais.     
Foi um Sarau a céu aberto, sob o luar das estrelas e nem o calor atrapalhou.

Enfim, agradecemos a todos que de uma maneira ou de outra nos prestigiaram.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Já é Natal no Rio da Prata de Campo Grande!

O mês de dezembro é um mês tão esperado por conta das festas de Natal e Fim de Ano, mas ao longo dos anos as pessoas estão ficando um pouco descrentes, não se enfeitavam mais as ruas como antigamente, muitas casas não tem mais aqueles pisca-pisca iluminando, as lojas não estão mais tão coloridas, muitas lojas nem lembram as festas; tem até um shopping muito famoso que muito mal colocou uma árvore de Natal na frente, o espírito natalino parece estar sendo deixado de lado e a magia do Natal parece nem mais existir.
Será que o “espírito natalino” não existe mais?
Muitos falam que é uma data consumista, que “Papai Noel”* é invenção para gastar dinheiro, outros até chegam ao absurdo de botar medo nas crianças dizendo que ele não é de Deus.
Infelizmente a violência e a intolerância aos símbolos religiosos, a falta de amor, compreensão, respeito, bondade, sensibilidade, e esperança que são valores universais, deixaram de ser cultivada pelo homem que só pensa em si.
Mas ainda há esperança para o homem e é no Natal que sempre renasce uma nova vida; tenhamos confiança então que este renascimento renove a fé, o amor e a esperança de um novo começo cheio de Paz e Felicidade.
Como nem tudo está perdido, na Vila Jardim (Rua Glicínia) em Campo Grande uma linda árvore foi montada para anunciar o Natal, tem até Papai Noel.  Neste final de semana também será inaugurado um presépio no Largo do Rio da Prata confeccionado com materiais reciclados feitos pelas Amigas Artesãs do Rio da Prata. 

*Obs.: Quanto ao Papai Noel, um pouco de fantasia não faz mal a ninguém.
PS: A Rua Glicínia fica na Estrada do Cabuçu, logo após o Posto de gasolina Ipiranga.
Fotos: Malu Ravagnani


domingo, 13 de dezembro de 2015

Sarau da Praça na Paróquia Santa Rita de Cássia



Último Sarau de 2015 participe!
Sarau da Praça na Paróquia Santa Rita de Cássia, dia 14 de dezembro as 19h30h.
Traga sua poesia, música, arte. Microfone aberto para todos.

O Movimento Cultura Rio da Prata convida a todos a participarem do projeto Sarau da Praça que será realizado na Paróquia Santa Rita de Cássia na Avenida Mariana, 12 (Próximo ao Prezunic)
Dia: 14/12/2015

Hora: 19:30h 

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Festa em Comemoração aos 55 Anos da ACICG, no Palace Hall

Em uma noite de festa e homenagens a ACICG Associação Comercial e Industrial de Campo Grande realizou ontem (08/12), a cerimônia de comemoração aos seus 55 anos de história. 
O evento reuniu no Palace Hall autoridades, empresários, políticos e veículos de comunicação.
Na ocasião a nova diretoria tomou posse, foi abordado o novo plano de metas para o próximo ano, apresentou a nova logomarca da ACICG e fez uma homenagem a 55 personalidades da região.
Para o presidente da ACICG, Guilherme Eisenlohr, a Associação desde sua criação vem superando desafios e hoje tem força para enfrentar mais 55 anos.
O evento, contou ainda com atrações musicais como o Grupo Luis Otávio (Música Clássica), o cantor Weber Werneck e Neris Cavalcanti que animou os convidados.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Sensação de Insegurança em Campo Grande



O aumento da violência no Rio de Janeiro já está gerando insegurança em um bairro que até pouco tempo podia se dizer tranquilo.

Mas será só sensação de insegurança? 

A violência está cada dia mais presente em nossa região e os reflexos disso está estampado neste apelo solitário de um morador que impactou de certa forma aqueles que ainda não sentiram a insegurança vivida aqui atualmente.

Realmente temos que nos preocupar com os assaltos no centro de Campo Grande; com os roubos de carros nas ruas principais; com o desrespeito no transito, principalmente daqueles que se dizem profissionais do transito; com os menores de rua; com os moradores de rua que se proliferam a cada dia e outras mazelas sociais, mas chegar ao ponto de colocar uma faixa alertando aos moradores que o bairro está inseguro é porque a coisa não está muito bem mesmo. 

Muito se tem discutido sobre esses problemas relacionados à segurança pública na região; o 40º Batalhão da Policia, a Guarda Municipal, a Rio Luz, a Coordenação de Saúde, CEDAE, COMLURB, SEGOV, Subprefeitura e a Coordenadoria de Educação, já estiveram presente em várias reuniões do Conselho de Segurança de Campo Grande, mas até agora não se viu muitos resultados positivos, muito pouco tem sido feito e essa “sensação de insegurança” vem aumentando a cada dia e os motivos são muitos:

Campo Grande, “Cidade Bairro”, como muitos querem chamar já está sentindo as consequências das transformações vividas sem ter sido feitas as infraestruturas necessárias, as casas simples deram lugares a prédios os sítios estão virando condomínios, a frota de veiculo circulante aumentou e as vias de acesso são as mesmas por onde passavam os bondes; os espaços públicos foram deixados de lado (praças, jardins, natureza, monumentos, história de um bairro); poluição sonora, poluição visual (postes, muros, orelhões).

Na cultura, pouco se fez por Campo Grande. O bairro não tem um Centro Cultural, não tem uma Biblioteca mais acolhedora e centralizada; tem dois teatros, mais um deles muito pouco divulgado e o outro precisando de uma reforma urgente. Se não fossem os grupos alternativos e movimentos culturais e artísticos que se desdobram para levar um pouco de cultura, arte e lazer a nossa região correndo atrás de patrocínios e incentivos, que muitas das vezes nem conseguem, quase nada estaria acontecendo por aqui.

O sistema de transporte é ineficiente faltam várias linhas de ônibus e ônibus nas linhas; Um exemplo seria uma linha de ônibus saindo da rodoviária fazendo integração com o BRT x Metrô Coelho Neto; cadê efetivação da estação Maria Tereza com a ligação Campo Grande x Alvorada? Falta uma rodoviária no lado norte do bairro para que os passageiros não tenham que ficar no sol e na chuva a espera de um ônibus. 

Quanto à acessibilidade, falta acessibilidade nas ruas e nas calçadas, foi cobrado dos lojistas que colocassem rampas em suas lojas, mas não foram feitas rampas nas ruas para que se cheguem às lojas; existem várias calçadas com buracos e ainda temos que nos desviar dos ambulantes com o famoso (shopping chão).

Como vemos, podemos ter certeza que o centro de Campo Grande está muito perigoso mesmo, são muitos os assaltos!


sábado, 5 de dezembro de 2015

Mangaratiba abre concurso para Saúde, Administração e Segurança.


Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Mangaratiba nas áreas de Saúde, Administração e Segurança, serão ao todo 284 vagas.
As inscrições vão até o dia 27 de dezembro e as provas serão aplicadas nos dias 23 e 24 de janeiro.
São 284 vagas distribuídas em vários cargos e todos os níveis de escolaridade. No entanto, pode ser chamado o dobro de candidatos, de acordo com a necessidade da Administração Pública. Na Saúde, são várias especialidades disponíveis, mas os destaques são para os cargos de Médico Clínico Geral, com 20 vagas, Agente de Saúde, com 27 vagas, e Técnico de Enfermagem, com 41 oportunidades. Na área administrativa os destaques são os cargos de Auxiliar Administrativo, com 24 vagas, motorista 13, e Auxiliar de Serviços Gerais 14 vagas. Já na Segurança os destaques são, Guarda Municipal, com 30 vagas e Agente de Trânsito com 15.
O valor da taxa de inscrição varia de acordo com o cargo desejado pelo candidato, entre R$ 25 e R$ 90. As inscrições, edital e todas informações sobre o concurso estão disponíveis no site da prefeitura http://www.mangaratiba.rj.gov.br ou na página da empresa responsável pela aplicação do concurso em http://concursos.biorio.org.br/
Pólo de inscrição
A Prefeitura de Mangaratiba disponibiliza um Posto de Atendimento, na Rua Domingos Jannuzzi, 54, Centro, próximo à sede da Prefeitura, como pólo de inscrição para as pessoas que não possuem acesso à internet. O espaço atenderá os interessados das 9h às 12h e das 13h às 16h. Após a impressão do boleto, o candidato deverá pagar a taxa de inscrição em uma agência bancária.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

ACICG celebra seus 55 anos em uma super festa no dia 08/12


Entidade homenageará diversos empresários de destaque, lançará sua nova identidade visual e dará posse a sua nova diretoria.

No próximo dia 08/12, terça feira a partir das 19h a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande vai comemorar seus 55 anos de serviços para o público do bairro com grande estilo. A festa vai acontecer no Palace Hall (Estrada do Cachamorra, 1.964).

Segundo Guilherme Eisenlohr, presidente da entidade, esse tipo de evento acaba sendo um resumo do trabalho da ACICG, que é unir os empresários e profissionais liberais representados pela entidade em pró de objetivos comuns e uma oportunidade perfeita para apresentar um pouco do trabalho da Associação Comercial no último ano, bem como traçar metas para 2016. "Muita gente tem dúvidas de qual é o trabalho da ACICG. Por isso abrimos esse evento para todos, mesmo não associados. Desta forma podemos apresentar boa parte de nosso trabalho no último ano e traçar metas juntos com nosso público para o próximo." Destaca o presidente.

A posse da diretoria e o lançamento da nova identidade visual da ACICG são pontos altos desta noite. Mas as verdadeiras estrelas serão as personalidades que serão homenageadas com o DESTAQUE EMPRESARIAL ACICG 2015 definido através de votação entre os próprios associados e diretoria.

E para garantir o clima agradável de todos os encontros da Associação, o evento irá contar com apresentações variadas, onde merece especial destaque a performance de música clássica e popular Brasileira do grupo Luiz Otávio.

O evento é por adesão, sendo possível a aquisição de mesas completas ou lugares avulsos. Os interessados em participar devem se apressar em ligar para o 2416-4000 pois os lugares estão esgotando.

 SERVIÇO: Jantar Empresarial | ACICG 55 anos

Dia: 08 de dezembro, terça-feira.
Horário: 19:00 hrs
Local: Palace Hall | Estrada da Cachamorra, 1.964.   
Contatos: 2416-4000

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Estádio Olímpico de Canoagem Slalom foi inaugurado em Deodoro

Foto divulgação
fonte: http://www.apo.gov.br/wp-content/uploads/2015/10/slalomcapa1.jpg

 O Estádio Olímpico de Canoagem Slalom foi inaugurado oficialmente no dia 26/11.
Localizado em Deodoro, Zona Oeste do Rio de Janeiro tem um percurso permanente com 280 metros de corredeiras e será o segundo maior parque da cidade, atrás apenas do Parque do Flamengo.
Após os Jogos Olímpicos a promessa é que o local se torne uma grande área de lazer para a população da Zona Oeste.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

UEZO pede socorro!

A UEZO é a única Universidade Pública da Zona Oeste do Rio de Janeiro e está vivendo sua pior crise desde a sua fundação, há 10 anos.
Apesar da comunidade da UEZO lutar bravamente para manter a qualidade da Instituição, oferecendo cursos bem reconhecidos e qualificados, com excelentes professores, laboratórios didáticos e de pesquisa de qualidade, programas de pós-graduação com interação com empresas e indústrias da região ela está abandonada pelo poder público e sem recursos.
Neste ano, em que completa 10 anos, a UEZO continua bravamente nos fundos de uma escola municipal, no bairro de Campo Grande, onde ficaria provisoriamente até ser construída sua sede que nunca saiu do papel, com seus docentes e corpo técnico dedicados e esforçados em prol de uma uma universidade pública de excelência para a Zona Oeste do Rio de Janeiro.
Por este motivo está sendo organizada uma manifestação chamada: “UEZO pede socorro”, para o dia 3 de dezembro, a partir das 10h, em Campo Grande, com o objetivo de chamar a  atenção do governador Pezão para a situação de crise em que se encontra o Centro Universitário da Zona Oeste.

Os alunos fizeram também um abaixo assinado pela internet que será enviado ao Governador do Rio de Janeiro. 

UEZO fará ato em defesa do Ensino Superior Estadual

A defesa da autonomia universitária, a manutenção do financiamento da educação superior pública, a situação econômica e política do país...