sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Projeto Revirando o Baú

A ONG Vida Feliz está realizando o projeto Revirando o Baú que pretende resgatar as memórias da Região de Guaratiba (Guaratiba, Ilha de Guaratiba, Barra de Guaratiba, e Pedra de Guaratiba). Revirar o baú da história foi a forma encontrada para  que através de produções literárias pudesse ser feito o resgate das memórias desta região.
O Projeto Revirando o Baú terá oficinas de formação de escritores todas às sextas feiras as 14h logo após o Carnaval. 
As inscrições já estão abertas.
Informações: Iêda Thomé – Tel. 3427-3487 / 99623-9871
Av. Gaspar de Lemos, 12 Fundos, Ilha de Guaratiba.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Sereno de Campo Grande realiza o seu primeiro ensaio de rua.

Com o enredo "É fofoca, é fuxico: a Coruja abre o bico!" do pesquisador André Miranda o G.R.E.S. Sereno de Campo Grande se apresentará no Carnaval de 2016 na Passarela da Av. Intendente Magalhães.
O primeiro ensaio de rua foi realizado no dia 26 de janeiro na Rua Glicínia e contou com a forte presença dos segmentos da escola e da comunidade que ao som da bateria Swing da Coruja e dos Passistas Show, provaram que o samba já está na ponta da língua.


O próximo ensaio de rua será dia 29/01 na Geriatria.
Tomara que essa fofoca seja verdadeira e a Coruja seja a campeã do Carnaval!

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Campo Grande Atlético Clube mantém esperança de reforma do estádio Ítalo Del Cima para os jogos da temporada de 2016


O Flamengo ainda mantém as esperanças de viabilizar um estádio alternativo para 2016.
O clube aprovou estudo de viabilidade apresentado, e espera ir a campo o quanto antes para captar recursos de empresas que querem isenção de ICMS.  O plano é a reforma do estádio (Ítalo Del Cima) do Campo Grande que está orçada em pouco mais de R$ 20 milhões e será palco dos jogos de menor porte por cinco anos. Será o tempo de contrato de cessão do campo do time da Zona Oeste com o Flamengo.

A reforma no Campo Grande teria que estar liberada até o dia 15 de maio, a data da estreia do Campeonato Brasileiro, para isso as obras devem começar nos primeiros dias de fevereiro.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Sugestão de Roteiro para as Férias de Janeiro em tempos de crise



Enfim férias!
A Zona Oeste e regiões adjacentes têm inúmeras opções de lazer para se curtir nessas férias.
Praia, montanha, cachoeira, trilhas, caminhadas, parques aquáticos, espaços culturais e uma diversidade de opções de lazer.
Em tempos de crise o melhor mesmo é curtir as férias com viagens econômicas e de preferência perto de casa e nisso a Zona Oeste e regiões adjacentes está repleta de opções.
Vou sugerir alguns locais que já fui e que vale a pena o passeio.
1-      Cidade das Crianças
2-      Serra do Mendanha
3-      Parque Estadual da Pedra Branca
4-      Recreio dos Bandeirantes
5-      Barra da Tijuca
6-      Grumari e Prainha
7-      Sepetiba
8-      Restinga de Marambaia
9-      Itaguaí
10-   Seropédica
11-   Mangaratiba
12-   Ilha Grande
13-   Angra dos Reis
14-   Paraty
15-   São João Marcos
16-   Rio Claro
17-   Lídice

01-      Cidade das Crianças
Parquinho, Parque e Piscina e muita diversão para fazer a alegria da garotada e tudo isso de graça.
Localização: Rod. Rio-Santos, Km 1, · Santa Cruz, Rio de JaneiroRJ, Brasil
Horário: de terça à sexta-feira de 8h às 17h / Sábados, domingos e feriados de 9h às 17h
Telefone: 2418-4870
http://www2.rio.rj.gov.br/smel/CidadeDasCriancas.html

02-      Serra do Mendanha
Parque Natural Municipal da Serra do Mendanha
Criado pela Prefeitura do Rio em 1993, com área de 1.500 hectares, o Parque abriga grande biodiversidade, típica da Mata Atlântica, com espécies raras e ameaçadas de extinção, rios, cachoeiras e trilhas ecológicas.
Localização: Estrada da Caixinha, s/n° Bangu.
Horário: terça a domingo, das 8h às 18h.
Trilha da Torre da Serra do Mendanha
Um percurso de 9 km de subida em estrada de chão, em meio à natureza, com vistas panorâmicas e belezas naturais.
Localização: Começa na Estrada do Mendanha, 5354.
Existem alguns grupos de caminhadas e trilheiros que fazem o percurso.

03-      Parque Estadual da Pedra Branca
Está localizado na Zona Oeste do Rio e compreende 17 bairros: Jacarepaguá, Taquara, Camorim, Vargem Pequena, Vargem Grande, Recreio do Bandeirante, Grumari, Jardim Sulacap, Realengo, Padre Miguel, Bangu, Senador Camará, santíssimo, Senador Vasconcelos, Campo Grande, Guaratiba e Barra de Guaratiba.
Considerado a maior reserva florestal em área urbana no mundo com aproximadamente 12.500 hectares tendo seu ponto culminante o Pico da Pedra Branca, com 1024 metros de altitude.
Núcleo Piraquara - Realengo: É oferecida a visitação para lazer, com brinquedos para crianças, poços refrescantes e acesso às vias de escaladas, além da Cachoeira do Barata, única disponível para banho.
Endereço: Rua do Governo s/nº – Bairro de Realengo – Rio de Janeiro.
Telefones: (21) 2333-5251 ou 2333-5252
Núcleo Pau-da-Fome - Jacarepaguá: É onde estão localizados a sede e o centro de visitantes, com exposição permanente. A sede é dotada de anfiteatro e áreas de lazer com tratamento paisagístico e sinalização direcional.
Endereço: Estrada do Pau-da-Fome, nº 4.003 – Taquara (Jacarepaguá) – Rio de Janeiro.
Telefone: (21) 3347-1786 ou 2332-6608
Núcleo Camorim - Jacarepaguá: contém sinalização interpretativa do sistema de captação e tratamento de água; trilha de aproximadamente 4 km com belas paisagens até o açude, no alto do parque. 
Endereço: Estrada do Camorim, 2.118 – Camorim (Jacarepaguá) – Rio de Janeiro.
Telefone: (21) 3417-3642
Horário de visitação: terça-feira a domingo, de 8 às 17h. 
Pico da Pedra Branca
Existem alguns grupos de caminhadas e trilheiros que fazem o percurso.
Campo Grande
De Campo Grande, Existem alguns grupos de caminhadas e trilheiros que fazem os percursos.
Travessia Rio da Prata de Campo Grande x Pau da Fome
Travessia Rio da Prata de Campo Grande x  Ilha de Guaratiba
Trilha do Jequitibá - Rio da Prata de Campo Grande
Trilha da Lagoa Azul (piscina natural) – Rio da Prata de Campo Grande
Atrativos: Belos visuais, flora e fauna exuberantes e banho de rio e cachoeiras.

04-      Recreio dos Bandeirantes
           O litoral do Recreio é formado por quatro praias: Macumba, Pontal, Recreio e Reserva. 

05-      Barra da Tijuca
Possui ao todo 27,3 km de praias oceânicas e três grandes lagoas.
Parque Natural Municipal Bosque da Barra: ocupa uma área de 560 mil metros quadrados, na interseção entre as avenidas das Américas e Ayrton Senna. Possui pequenos lagos, trilhas de terra, muita árvores nativas, além de um teatro de arena e praça de esportes.
Parque Natural Municipal Chico Mendes: O parque se dedica à educação ambiental, também realizando a reintrodução de animais silvestres apreendidos em cativeiros em seu meio-ambiente. Sua área é de 400 mil metros quadrados, no entorno da lagoinha das Taxas, no centro do Recreio.
Parque Natural Municipal de Marapendi: Possui uma área de 194,8 hectares, dos quais 330 mil metros quadrados (33 hectares) correspondem à lagoa de Marapendi. Sua entrada é na Avenida Alfredo Balthazar da Silveira, 635, no Recreio, apesar de a maior parte de sua área estar dentro do bairro da Barra da Tijuca.
Cidade das Artes: um grande espaço de convivência, valendo-se dos diferentes ambientes projetados com a intenção de concentrar no mesmo lugar, teatros, cinemas, restaurante, loja, bistrô.
Endereço: Av. das Américas, 5300, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro / RJ

06-      Grumari e Prainha
Praias selvagens, belas paisagens naturais, Praia do Abricó (Nudismo), trilhas e caminhadas, surf.
Parque Natural Municipal da Prainha
O parque dispõe de um centro de visitantes que disponibiliza informações sobre as atividades possíveis de se fazer: visitar mirantes com cenários incríveis, como o famoso mirante do Caeté, de onde se tem uma vista espetacular das praias da barra, e trilhas ecológicas pelo meio de paisagens selvagens da mata atlântica. 
Horário de visitação: Diariamente, de 8 às 17h. 

07-      Sepetiba
Possui uma área de 1.162,13 hectares, onde estão localizadas as praias de Sepetiba, Praia do Recôncavo (antiga Praia de Dona Luiza) e Praia do Cardo. Sepetiba é um bairro de importância histórica, embora pouco valorizado. Foi cenário de novelas e luta por sua valorização histórica.

08-      Restinga de Marambaia
Suas praias públicas têm acesso restrito por ser área militar. Contudo, por vezes, algumas excursões são feitas no local com fins educacionais por escolas, famílias dos militares em recreio e, às vezes, para locação de cenas de novelas de televisão.

09-      Itaguaí
Porta de entrada para a Costa Verde,
Praias - Coroa Grande e Ilha da Madeira
Coroa Grande – Praia com uma pequena faixa de areia, águas calmas, um tanto escuras, orla com calçadão, ciclovia e uma pequena.
Ilha da Madeira - Porto de partida para as Ilhas Tropicais, com praias muito acolhedoras com aguas calmas.
Cachoeiras
As cachoeiras, Itimirim e Itinguçú. São muito visitadas, principalmente por amantes da aventura, fazendo rapel ou simplesmente banhando-se nos vários poções. Temos ainda a cachoeira do Bicão e seus restaurantes, com acesso pela rodovia Rio-Santos.
Vale do Mazomba
Está cravado entre dois belos morros, um deles dentro do Parque Estadual Cunhambebe. Existem alguns grupos de caminhadas e trilheiros que fazem o percurso.
Raiz da Serra (Rota da Independência)
Abriga uma famosa estrada com calçamento em estilo pé-de-moleque, construída pelos padres jesuítas a mais de 300 anos. Existem alguns grupos de caminhadas e trilheiros que fazem o percurso.
Existem também vários sítios de lazer e entretenimento estabelecidos na cidade.

10-   Seropédica
A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro tem um belíssimo Jardim Botânico que pode ser visitado.
Floresta Nacional Mário Xavier fica na BR 465, Km 05. Aberta ao público, a FLONA é muito utilizada por pessoas que querem entrar em contato com a natureza ou praticar esportes.

11-   Mangaratiba
Praias:
Itacuruça - Turismo marítimo que realizam o tour mundialmente conhecido por “Ilhas Tropicais”. Além das várias opções de turismo.
 Muriqui - Fantástica para banhos e esportes náuticos, possui uma orla repleta de ótimos quiosques. Conhecida como a cidade das Cachoeiras. (Cachoeira Véu de Noiva, Cachoeira dos Escravos, Cachoeirinha II, ‘Poção’ – Piscinão Natural formado por três cachoeiras,)
Praia Grande – Praia bucólica de areias claras, água mansa e vegetação nativa. 
Sai e Saizinho – Praias extensas e desertas têm areias brancas e abrigam as ruínas de um antigo porto de minério.
Filgueiras – Pequena praia, pouco frequentada.
Ibicui – Praia com 600 metros de extensão tem águas mornas e calmas, perfeitas para a prática de esportes.
Junqueira - Pequena praia de águas claras, propícias para banho e pesca.
Praia do Saco - Extensa praia de areias brancas e abriga a foz do Rio do Saco.
Praia Brava - Cercada por morros, com areias amareladas e mar calmo.
Conceição de Jacareí - Simpático distrito com um bom nível de comércio, restaurantes e quiosques. A praia com o nome do distrito tem 600 metros de extensão de areias onduladas, orla de coqueiros e amendoeiras, mar propício a banho, pesca e esportes náuticos. 
Cachoeiras:
Cachoeira da Bengala
Cachoeira de Conceição de Jacareí
Cachoeira do Rubião
Cachoeira dos Escravos 
Cachoeira da Ingaíba 
Cachoeira Stª Bárbara
Cachoeira Véu de Noiva
Cachoeira do Itingussú
Cachoeira Tobogã
Centro Histórico:
Solar do Barão de Sai, um espaço cultural com sala de vídeo, sala para exposições e centro de artesanato. Museu das Conchas em Junqueira e o Centro Cultural Cary Cavalcanti.
Cais de Mangaratiba, embarcação para a Ilha Grande.
Estrada Imperial de Mangaratiba - Serra do Piloto - Ruínas do Saco de Cima, Ruínas da Antiga Estrada Imperial (Ruínas do Antigo Teatro e Ruínas do Povoado do Saco)
Parque Nacional de Cunhambebe, Passeios, caminhadas, escaladas e muitas outras atividades ao ar livre podem ser feitas sem perturbar o ambiente natural, por isto são atividades permitidas no interior do parque. Horário de visitação: 9h às 18h Telefone: (21) 2332-5516

12-   Ilha Grande
A Ilha Grande é coberta pela Mata Atlântica, com várias montanhas e cachoeiras, considerada um santuário ecológico por sua biodiversidade. Belas praias, belas paisagens e vegetação nativa.
Embarcação para a Ilha Grande no Cais de Mangaratiba e no Cais de Angra dos Reis.

13-   Angra dos Reis
Centro Histórico:
Convento Nsa. Sra. do Carmo e Capela da Ordem Terceira, Praça Lopes Trovão, Convento São Bernardino de Sena e Capela da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, Ermida do Senhor do Bonfim, Igreja Nossa Senhora da Lapa (Museu de Artes Sacras de Angra dos Reis), Casa da Cultura, Casario da Rua do Comércio, Mercado de Peixe.
Ilhas:
Ilha da Gipóia, Ilha Comprida, Ilha de Cataguás e Ilha do Pelegrino, Ilha de Cataguases, Ilha de Itanhangá, Ilha de Paquetá, Ilha de São João, Ilha do Maia, Ilha dos Meros, Ilha dos Porcos, Ilha Francisca, Ilha Grande, Ilha Sandri, Ilhas Botinas.
Praias:
Praia do Bracuhy, Praia do Frade, Praia do Piraquara, Praia Brava, praia de Mambucaba, Praia do Bonfim, Praia das Gordas, Praia Grande, Praia da Vila Velha, Praia da Figueira, Praia do Tanguá, Praia do Lagarto, Praia da Gruta, Praia do Tanguazinho, Praia da Ribeira, Praia do Retiro, Praia da Enseada, Praia das Éguas, Praia da Monsuaba, Praia do Paraíso, Praia da Tartaruga, Praia da Baleia, Praia da Biscaia, Praia do Leme, Praia de Maciéis, Praia do Coqueiro, Praia do Camorim, Praia do Machado, Praia de Jacuecanga, Praia de Garatucaia.
Além das várias opções de turismo.

14-   Paraty
Centro Histórico:
Chafariz do Pedreira, Igreja da Matriz, Igreja Nossa Senhora das Dores, Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Igreja de Santa Rita, Antiga Cadeia Pública, Forum, Casa de Cultura, Mercado, Passos da Paixão.
Praias:
Do Pontal, Jabaquara, Paraty Mirim, Saco da Velha, Praia da Preguiça, Praia da Conceição, Praia da Lula, Praia Grande da Cajaíba, Praia Vermelha, Praia Santa Rita, Praia do Baré, Praia do Engenho D’Água, Praia Grande do Engenho, Praia de Iticupe, Praia do Bom Jardim, Praia do Canhanheiro, Cantagalo, Praia da Boa Vista, Barra Grande do Corumbê, Praia do Corumbê, Praia do Rosa, Praia Grande, Prainha, Praia da Graúna, Barra Grande,  Praia de São Roque, Praia do Taquari, Praia do Humaitá, Praia do Iriri, Praia do Cão Morto, Praia de São Gonçalo, Praia de São Gonçalinho, Praia de Tarituba, Praia de Taritubinha, Laranjeiras, Praia do Sono, Praia dos Antigos e Antiguinhos, Praia das Galhetas, Praia da Ponta Negra, Praia de Martim de Sá, Praia da Sumaca, Praia do Pouso da Cajaíba, Praia da Toca do Carro, Praia de Itanema, Praia de Calhaus da Cajaiba, Praia de Itaoca, Praia Deserta, Praia do Sobrado e Saco do Mamanguá.
Cachoeiras
Cachoeira do Tobogã, Poço do Tarzã, Poço do Inglês, Cachoeira da Pedra Branca, Poço da Usina, Poço da Jamaica, Poço da Laje, Poço das Andorinhas, Cachoeira das Graunas, Cachoeira do Iriri, Cachoeira do Taquari, Cachoeira dos Codós. 
Parques Nacionais:
Parque Nacional da Serra da Bocaina (Plano de Manejo), Reserva Ecológica da Joatinga, APA do Cairuçú, Área de Lazer Paraty-Mirim, Área de Preservação Ambiental da Baía de Paraty. Além de fazer fronteira com o Parque Estadual da Serra do Mar
Paraty tem cerca de 65 ilhas que compõem o cenário idílico da Baía de Paraty.

15-   São João Marcos
Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos
Possui uma área total de 930mil m² incluindo mata e espelho d’água. O circuito de visitação conta com 33 mil m², área por onde o visitante poderá caminhar e desfrutar da exuberante natureza.
Horário de visitação: de quarta a sexta-feira, das 10h às16h; sábado e domingo das 09h às 17h.
Endereço: Estrada RJ 149, Mangaratiba x Rio Claro, Km 20 RJ
Telefone: (55-21) 2233-3690

16-   Lídice
Cidade de grande potencial turístico possui várias cachoeiras e corredeiras, local tranquilo ideal para relaxar e curtir a natureza, propícia a caminhadas, .podendo conhecer e desfrutar de sua fauna e flora da Mata Atlântica

17-   Rio Claro
Cidade de grande potencial turístico por ter belezas naturais, como serras, cachoeiras e trilhas, podendo conhecer e desfrutar de sua fauna e flora da Mata Atlântica. Além do seu potencial histórico.

UEZO fará ato em defesa do Ensino Superior Estadual

A defesa da autonomia universitária, a manutenção do financiamento da educação superior pública, a situação econômica e política do país...