segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Evento “1º Retiro Cultural”, luta pela valorização dos artistas da Zona Oeste Carioca.


O evento que aconteceu no dia 19/11 no CIEP Sergio Carvalho no bairro de Campo Grande, RJ, foi mais um marco na cultura da Zona Oeste que luta pela valorização de seus artistas.

O Grupo Coletivo Cultural Rio da Prata, CEDICUN e os professores da animação cultural do CIEP Sergio Carvalho, promovem o evento “1º Retiro Cultural”.  O evento que teve participação gratuita, contou com duas mesas de debates, oficinas, plenária e um show no final do evento.

Mesa de debate: A cultura na Zona Oeste. “Prazer ou sofrimento?"

Mesa de debate: Mídia, educação e cultura na Zona Oeste. "O que fazer para melhorar?" 

Com temas relacionados à mídia educação e cultura na Zona Oeste, duas mesas de debates foram realizadas e após reunião dos grupos de trabalho, foram redigidas minutas que se transformarão em um documento oficial que será levado as autoridades públicas, municipais, estaduais e federais, mostrando a importância da cultura na aprendizagem, na convivência escolar e na socialização do individuo; falando da importância e do comprometimento da divulgação da cultura na Zona Oeste com uma maior divulgação através das mídias sociais e ainda sensibilizar as autoridades para que se abram novos espaços e se valorize os espaços existentes aqui, para que se possa produzir arte e mostrar as suas produções.
Aconteceram também oficinas onde o público podia optar por: Dança do ventre, novas tecnologias de Reciclagem, Turbantes, “Mulheres incríveis”, poesia e informática, cultura midiática.
Dança do ventre

Turbantes

 “Mulheres incríveis”

informática, cultura midiática

 Poesia

novas tecnologias de Reciclagem

Aconteceu também o Sarau de Poesias do Coletivo Cultural, desfile de turbantes, a apresentação da Banda Sala 51, Dança do ventre inclusiva, Banda DSD, Weber Werneck e terminou em apoteose com o desfile de representantes das Escolas de Samba, Sereno de Campo Grande, Unidos de Bangu e Chora na Rampa.









Moradores de Sepetiba não aguentam mais o descaso com o bairro.

Os moradores de Sepetiba fazem um desabafo: Não aguentamos mais o descaso com o bairro! Este ano Sepetiba comemorou 450 anos, um bair...