quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

A Zona Oeste está entrando no mapa cultural da cidade


       Há muito esquecida pelo poder público com relação a cultura, a Zona Oeste, hoje, está se consolidando como um polo cultural.

     Instigada pela própria carência, grupos culturais lutam para que a Zona Oeste entre definitivamente no mapa cultural da cidade, fruto de muito esforço em prol deste objetivo.
Grupos como: Coletivo Cultural Rio da Prata; Instituto Campograndense de Cultura ICC; Coletivo Idéias; Identidade Cultural; Conversa com Verso; Maria Realernga; Cultura na Cesta; A Era do Rádio; Cia da Hora; Vida de Papel; Cia Du’arthe; Vida Feliz; Os Descabelados, entre outros, estão fazendo a diferença na região.
O fato chamou a atenção até mesmo da Rede Globo que voltou seu olhar para esta região promovendo reuniões e organizando encontros onde os artistas da região puderam mostrar o seu valor, como foi o “Sarau de Ideias”, realizado no Quiosque da Globo, com o objetivo de valorizar e mostrar para outras regiões a cultura da Zona Oeste; O “Programão Carioca”, realizado em Santa Cruz, comemorando os 450 anos do bairro com artistas do bairro.
Essa eferverscência está dando um novo ânimo à cultura e aos produtores culturais que estão realizando vários eventos, ocupando espaços como: praças; coretos; bibliotecas; shoppings e lonas culturais e até casas de festas, criando opções culturais para todos.

     Falta agora a gestão pública e os políticos eleitos por aqui, olharem para esta região e elaborarem políticas públicas consistentes e que respondam as expectativas da Zona Oeste.


Festa do Centenário do Cantor e Compositor Adelino Moreira

Adelino Moreira de Castro ( Cantor e Compositor)  Nasceu na cidade de Porto, em Portugal, em 1918 e sua família mudou-se para o Rio no ...