quarta-feira, 28 de março de 2018

Sepetiba tem sua galera do bem

O Bairro de Sepetiba tem sua galera do bem e essa galera do bem de Sepetiba está novamente fazendo acontecer, dessa vez um nobre gesto foi realizado por um morador que resolveu pintar e embelezar o valão da Av. Santa Ursulina. 

O gesto dessa pessoa que tem a nobreza no nome (Jorge Nobre), foi filmado por um morador que resolveu colocar o vídeo na internet e já teve muitas visualizações. 

São gestos como o dele; da Sra Marirts que cuidou, limpou e consertou a Praça Paulo Melo; da Turismóloga local, Telma Lopes, que descobriu um sítio arqueológico; da Elizabeth Manja que desenvolve muito bem o Movimento Território Diversos; da Emanuele Borba à frente da Era do Rádio; do Flávio Brandão que é pesquisador e muitos outros que amam Sepetiba e engrandecem a Zona Oeste, quando apresentam o seu cartão de visitas de grandes atitudes, que enobrecem o bairro e sua população.

Como dizem César Menote e Fabiano na música, “Galera do Bem”: Aqui ninguém é mais que ninguém, bão tamém. 

Curta o vídeo

quinta-feira, 22 de março de 2018

Zona Oeste em Cena

O Coletivo Zona Oeste em Cena, reunirá artistas e produtores do bairro de Campo Grande e região para apresentações de música, dança teatro e poesia, no Teatro Arthur Azevedo, dia 23 de março às 20 h 

Os Poetas Marcelo Girardo e Sérgio Alves, serão um dos poetas convidados a mostrarem seus poemas. 

Ingressos R$ 10,00

segunda-feira, 19 de março de 2018

Lançamento do livro Mulheres Reais - Bem Comum

A Terceira Antologia Mulheres Reais, vem reunir a arte do bem viver, desde a Evolução do Belo, utilizando Linguagens Plurais até chegarem ao Bem Comum.

É a poesia transformada em poemas numa linguagem que possibilita uma comunicação inovadora, libertária e democrática.

São 40 Mulheres Reais que em poesia falam de seus sentimentos em função do bem comum, transformando sua vivência em sua identidade.

* Eu, Silmo Prata (Poeta, Jornalista e Escritor), fui convidado à fazer parte deste livro como padrinho e estarei ilustrando uma das orelhas do livro.



Jon Sandes, Guarde este nome!

Jon Sandes, cantor, ator e compositor, nascido e criado na Zona Oeste do Rio, morador de Bangu.

Guarde este nome, pois ele está lançando seu novo disco intitulado “Outono ao Verão”. O disco conta com 7 faixas (todas autorais), passeando entre, o pop, rock e MPB! 

Em Dezembro de 2015 ele lançou o seu primeiro EP, intitulado, "Primeiro Passo" onde a música "Na Real" foi o carro chefe que lhe rendeu muitas visualizações.

O lançamento de “Outono ao Verão”, foi no dia 12/03 e o disco está disponibilizado na íntegra em todas as plataformas digitais. 

Estamos entrando no outono e desse outono até o verão esse menino vai fazer sucesso. 

Ouçam eu recomendo!

sexta-feira, 16 de março de 2018

Nancilia lança mais um livro

Neste novo e brilhante trabalho, a escritora Nancilia, aborda de uma maneira poética, simples e cuidadosa, o mundo do autismo em seu livro “Sou autista! E daí?” que será lançado no dia 02 de abril na Escola Municipal Castro Alves, em Campo Grande.

Está na hora de mudar!

Em meio a uma intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, muito se tem a discutir, pois somente colocar os militares nas ruas, não resolverá todo o problema da violência. 
Mudança, isso é o que o Rio de Janeiro está precisando! 
A mudança tem que vir acompanhada de uma reforma estrutural física e de gestão, intensificando as políticas públicas como: educação, saúde, inclusão social, cultura, saneamento básico, turismo e a mobilidade urbana. 
Na Zona Oeste e regiões adjacentes, antigos projetos estão voltando à tona com força total e podem contribuir para mudar essa crise instalada no Rio de Janeiro que só aumenta a violência.
Os projetos são:

O Teatro Artur Azevedo voltar a atividade;
O trem para Itaguaí voltar a funcionar, trazendo turismo para a Costa Verde;
A Calçada da Fama;
Uma nova Biblioteca no centro de Campo Grande;
Um Museu para Campo Grande;
A Orla de Sepetiba que foi prometida e não cumprida;
Construção do Parque Campo Grande;


quinta-feira, 8 de março de 2018

Dia Internacional da Mulher 2018

Uma pequena homenagem pelo Dia Internacional da Mulher

O Teatro Arthur Azevedo está fomentando atividades artísticas locais.

Um dos sonhos da Zona Oeste, em especial o bairro de Campo Grande, era ver o Teatro Arthur Azevedo voltar à cena, abrindo-se as cortinas para muita emoção e entretenimento.
Depois de muitas reuniões sobre o POC Programa de Ocupação Cultural, o Teatro Arthur Azevedo sob a direção de Rodrigo Castro e uma grande equipe, estão promovendo uma mudança física, cultural e conceitual desse espaço.

Para começar, estão cuidando do entorno do teatro, fazendo limpeza e paisagismo; outro grupo está fazendo o que podem para melhorar o interior do teatro e dessa união artística colaborativa, estão implementando os projetos de uma feira cultural e apresentações de música, dança, poesia e esquetes teatrais.

quarta-feira, 7 de março de 2018

Calçada da Fama em Campo Grande-RJ


Em 2008, surgiu a ideia de se ter em Campo Grande uma Calçada da Fama, homenageando artistas; músicos; dançarinos; cineastas; escritores; poetas; artistas plásticos e artistas cênicos. Dez anos depois, o projeto já foi apresentado a alguns políticos que prometeram, mas não fizeram, agora está ressurgindo com força total e com apoio das classes artísticas da região que esperam mudanças culturais e sociais. 

O projeto da Calçada da Fama, idealizado por Anderson Benac, além de ser uma belíssima homenagem, solidificará literalmente a memória cultural da Zona Oeste.

domingo, 4 de março de 2018

Sitio Arqueológico em Sepetiba


    Foto de Flávio Brandão
    Foi descoberto em Sepetiba um sítio arqueológico com material pré-histórico e histórico, composto de material de *sambaqui e da Colonização. 

    descoberta foi feita pela turismóloga local, Telma Lopes, que logo acionou o renomado arqueólogo Cláudio Prado De Mello (do IPHARJ), que prontamente veio a Sepetiba fazer o reconhecimento do local. 

    O Sítio Arqueológico já faz parte do Patrimônio Cultural Nacional está protegido pela lei 3.925/61 

    * Sambaqui - Formações constituídas, principalmente, de conchas de moluscos, formadas ao longo de milhares de anos pelas populações que habitavam regiões litorâneas. 

É hoje! Leitura Dramatizada

Hoje às 19h no Teatro Arthur Azevedo, Leitura Dramatizada " Palavras no Chumbo Derretido " Uma peça de Odir Ramos da Costa, enc...